Wellington do Curso escolheu o alvo errado para atacar o governo

O deputado estadual Wellington do Curso (PP) tem cometido sucessivos equívocos em sua empreitada para tentar desqualificar o Palácio dos Leões. Seu maior erro é apostar todas as suas fichas nas críticas ao Programa Escola Digna, talvez o projeto de maior inspiração do governador Flávio Dino (PCdoB).

Todo o final de semana, Wellington viaja ao interior do Estado em busca de escolas destruídas e inacabadas e quando encontra não se dá ao trabalho ao menos de observar a programação da Secretaria de Educação do Estado.

O deputado cobrou explicações sobre a situação das unidades CE Anália Neiva, no município de Nova Iorque, e CE Professor Ribamar Torres, em Pastos Bons. Como resposta, o secretário Felipe Camarão explicou que as unidades não constam na lista de reformadas pelo Governo do Estado e que as duas escolas serão contempladas com reforma geral, justamente pelo Programa Escola Digna, neste segundo semestre de 2017.

O programa já reformou ou reconstruiu mais de 600 escolas, o que representa metade da rede estadual de ensino. Até o fim do atual governo serão 300 escolas novas.

É óbvio que meio século de atraso na Educação não serão transformados em dois anos e meio, porém questionar a eficácia e potencialidade do projeto é no mínimo fechar os olhos para a realidade.

O parlamentar, que também é dono de estabelecimento de ensino, está no seu direito e dever de fiscalizar as ações do poder executivo, contudo deve fazer como responsabilidade até para evitar vexames.

Fonte: Blog Marrapá Link: http://www.marrapa.com/wellington-do-curso-escolheu-o-alvo-errado-para-atacar-o-governo/